“ResearchKit” e “CareKit” as novidades da Apple na medicina

Na última segunda-feira 21//03/2016, além fazer o lançamento dos novos modelos de dispositivos da empresa, Tim Cook, CEO da Apple, também comentou que a saúde é uma das preocupações que a empresa tem já há algum tempo. Desde o ano passado, quando lançou o ResearchKit, ferramenta que permite realizar pesquisas clínicas de grande escala através dos tablets e smartphones Apple, a empresa atingiu grandes feitos como por exemplo a maior pesquisa sobre a Doença de Parkinson da história, isso em apenas 24 horas.
Com o sucesso da ferramenta de pesquisa, a empresa percebeu que podia coletar e disponibilizar informações sobre a saúde dos seus próprios usuários. Para isso foi criado e anunciado o CareKit, um framework para desenvolvimento de aplicativos que emponderam pessoas na visualização e na posição ativa em relação aos cuidados à saúde.
Sem dúvida é mais um grande passo em direção ao futuro da medicina, passos esses que se tornam maiores a partir do lançamentos dos wearables e seus aplicativos de monitoramento e bem estar. Mas, a grande diferença agora é que essas novas plataformas estão abertas para que quaisquer hospitais, clínicas ou startups criarem suas próprias soluções e ajudar cada vez mais pessoas a cuidar melhor da saúde, o que é magnífico!

Nós da CloudMed adoramos essas novidades e acreditamos que essas novas tecnologias tendem para um novo paradigma de saúde pessoal e pública, ainda podemos tirar muito proveito de simples dispositivos que carregamos no dia-a-dia. Estamos ligados à tudo isso e logo teremos novidades, fiquem ligados!

Até mais.

A Crise no Setor de Saúde Suplementar

imagesConforme divulgado em boletim do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), o ano de 2015 não foi nada positivo para as Operadoras de Saúde, que perderam cerca de 766 mil beneficiários, fato justificado pela acentuação da crise econômica e o desemprego no país. Este número representa queda de 1,5% do número total de beneficiários em relação à 2014, sendo que 52,85% de todos que deixaram de possuir planos de saúde, pertencem aos contratos coletivos empresariais, provando a acentuação do desemprego.

Não obstante, a ANS tem exigido cada vez mais das operadoras, obrigando: cobertura de novos procedimentos, criação de espaço na internet onde o beneficiário tenha maior controle de informações, postos presenciais de atendimento, entre outras medidas. Todas estas determinações necessitam de investimentos em tecnologia por parte das operadoras.

As novas exigências associadas à crise no setor, fazem com que os gestores das operadoras enfrentem grandes desafios para viabilizar seu negócio. Com a receita diminuindo e as despesas aumentando, a saída mais eficaz é a contenção de custos.

Ainda é comum no Brasil, infelizmente, a falta de transparência nas contas médicas, sobretudo na aquisição de OPME e Materiais Especiais.

A fim de auxiliar as operadoras na redução de seus custos, auditoria e controle efetivo de gastos, a CloudMed possui o Portal de Compras, software que permite toda a gestão de compra de materiais, sejam: OPME, MatMed, medicamentos, insumos e muito mais! Com ele é possível ter acesso e controle de todo o processo, desde a cotação, até o faturamento dos produtos, gerando grande economia para a operadora, maior poder de compra e transparência, o que por si só, já auxilia muito a driblar a crise.

Entre em contato conosco e conheça mais sobre a ferramenta revolucionária que auxilia a economizar até 60% em produtos!