Projeto Torino

O conhecimento sobre programação se torna cada vez mais difundido, a cada dia que passa aumenta o número de pessoas estudando para entender melhor como codificar.

Hoje em dia a maioria das crianças que são introduzidas ao mundo da programação o fazem através de ferramentas simples que lhe permitem arrastar e soltar blocos de comandos.

A partir disso surgiu o projeto Torino, desenhado para crianças que possuem a visão prejudicada conseguirem participar em aulas de programação e se tornarem profissionais da área.

A programação sempre foi considerada uma opção de carreira promissora para pessoas com a visão prejudicada, mas nos últimos anos ficou dependente de gráficos, imagens e métodos de codificação conceitual, dificultando a entrada dessas pessoas na área.

A Organização Mundial de Saúde estima que existem 285 milhões de pessoas no mundo que possuem a visão prejudicada e a grande maioria dessas pessoas vivem em condições de baixa renda.

Através de programas como o Torino, é possível facilitar o ingresso dessas pessoas nas áreas relacionadas a tecnologia e suprir uma crescente demanda de profissionais qualificados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s